00 : 00 : 00
Complete o formulário abaixo no prazo máximo estabelecido ao lado.

O MAIOR CURSO SOBRE DEPENDÊNCIA QUÍMICA E ALCOOLISMO DO BRASIL

A ABSTEMIOLOGIA acaba de lançar o maior curso sobre dependência química e alcoolismo do Brasil. Nesse curso você assistirá mais de 160 aulas, receberá centenas de páginas de estudos e terá acesso a várias apostilas.

O curso é ministrado por PÉRICLES ZIEMMERMANN, advogado, escritor, multiespecialista, autor de vários livros e idealizador da ABSTEMIOLOGIA.

Após a conclusão do curso, você terá o direito de inserir seus dados (curriculo profissional) no site da abstemiologia na área de ABSTEMIOLOGISTAS. Isso ajudará você na sua profissional já que nosso site possui milhares de acessos mensais.

Temos a maior página sobre dependência química e alcoolismo do Facebook.

Bons estudos!

CURSO SOBRE DEPENDÊNCIA QUÍMICA E ALCOOLISMO

Péricles Ziemmermann
Péricles Ziemmermann

"O escritor e pesquisador Péricles Ziemmermann apresenta o maior curso sobre abstinência, dependência química e alcoolismo do Brasil."

ENTENDA O BÁSICO SOBRE ABSTEMIOLOGIA

Escada Abstêmia (Introdução): Esse é apenas um dos vídeos do curso

Esse curso é recomendado para todas as pessoas que desejam ingressar no universo abstêmio. A abstemiologia é o estudo dos princípios, regras, síndromes, técnicas, abstemiopatias, abstemiometrias e formas de iniciar, manter e evoluir no processo abstêmio.

Os estudos abstemiológicos são direcionados aos profissionais, familiares, psiquiatras, psicólogos, monitores em dependência química, pessoas em recuperação, (re)educadores abstêmios, abstemiológos e terapeutas.


Qual é o objeto de estudo da abstemiologia?


A abstemiologia se dedica a estudar os abstêmios originados após o processo de adicção, ou seja, a intenção é analisar com profundidade as pessoas que romperam com o uso de drogas/álcool e estão abstêmias há muitos anos.


O que é "processo abstêmio"?


O processo abstêmio é tudo o que ocorre com as pessoas que romperam como processo de adicção. Assim, o processo abstêmio se inicia após o término da adicção. Dessa forma, o estudo da adicção em si, embora seja relevante, não faz parte da abstemiologia. 


Existem muitos abstêmios?


Existem milhares de abstêmios no mundo e no Brasil. Essas pessoas eram adictas, mas estão vivendo de maneira sóbria, sadia e evolucional. Existem abstêmios com muitas décadas de sobriedade e que vivem intensamente o processo de abstinência. 


A adicção (processo de adicção) tem cura?


O processo de adicção, por si só, não é relevante para a abstemiologia. A abstemiologia é focada nos abstêmios, ou seja, nas pessoas que eram adictas, contudo não fazem mais o uso de drogas/álcool. Assim, para a abstemiologia, o estudo se inicia após o fim do processo de adicção. Desse modo, a abstemiologia entende, cientificamente, que o processo de adicção tem um FIM. Esse "FIM" do processo de adicção não significa necessariamente que exista CURA para a adicção. Entretanto, é inegável o fato de que o processo de adicção tem um FIM. 


Quando termina o processo de adicção?

 
A abstemiologia entende que a adicção possui duas formas de terminar: com a morte do adicto ou com a abstinência. Em outras palavras, ou a pessoa morre sendo adicta ou a pessoa morre sendo abstêmia. Assim, o "FIM" do processo de adicção ocorre, tecnicamente, com a MORTE ou com a ABSTINÊNCIA. 


Como se desenvolve o processo abstêmio?


A abstinência possui diversas fases que podem ser classificadas cronologicamente. Nesse sentido, o abstêmio com 03 meses de sobriedade, é diferente do abstêmio com 03 anos de sobriedade quem por sua vez, também difere do abstêmio com 10 anos, ou mais, de vida abstêmia. 


O que é a "vida abstêmia"?


A vida abstêmia é a pratica dos atos da vida comuns a todas as pessoas, tais como, namorar, praticar esportes, casar, ter filhos, trabalhar, estudar etc. Contudo, embora esses atos da vida sejam cotidianamente praticados pelos abstêmios, tais atos devem ser qualificados axiologicamente. Em palavras mais simples, porém necessárias a compreensão, a vida abstêmia é a pratica de atos da vida comum a qualquer pessoa, entretanto devem ser praticados de uma maneira diferente porque sempre exigem a, constante e permanente, SOBRIEDADE. 


Para ficar abstêmio basta a SOBRIEDADE?


Não basta estar sóbrio para poder ser compreendido como abstêmio. Esse é um equívoco muito comum. O processo de abstinência se desenvolve de uma maneira muito peculiar e individualizada e a SOBRIEDADE é apenas um dos resultados obtidos pelo processo abstêmio. Entenda: o objetivo da abstinência não é apenas a SOBRIEDADE, mas é o desenvolvimento evolucional do abstêmio. Dessa forma, a SOBRIEDADE é apenas um dos resultados obtidos pelo processo abstêmio e, por óbvio, o principal resultado. No entanto, a SOBRIEDADE, por si só, não serve para caracterizar o abstêmio já que existem diversas outros elementos que devem ser analisados conjuntamente.


Existem SÍNDROMES ABSTÊMIAS?


Existem diversas síndromes que se manifestam no processo de abstinência. Infelizmente, existe muita confusão entre COMORBIDADES e SÍNDROMES ABSTÊMIAS. O interessante é que, enquanto as COMORBIDADES se relacionam com o processo de adicção, as SÍNDROMES ABSTÊMIAS se associam ao processo abstêmio. Assim, o fato de estar abstêmio não significa a ausência de SÍNDROMES ou de diversos outros conflitos e patologias.


É possível que o abstêmio retorne ao processo de adicção?


Sim. Porém, ao contrário do que apontam muitos doutrinadores, o retorno ao processo de adicção não ocorre somente com a RECAÍDA. Assim, existem diversos outros fenômenos abstemiológicos, tais como, reintoxicação sem recaída, recaída sem reintoxicação, nexo de displicência, desvios abstêmios, abstinência one step, dissidência abstêmia, abstinência leviana, erros liliputianos, entre outros. Todas essas formas de abstinência ou de desenvolvimento da jornada abstêmia podem resultar no retorno ao processo de adicção.


Quais são as principais mudanças paradigmáticas da abstemiologia em relação à adictologia?


São muitas, por exemplo: na adicção existe overdose, reabilitação, ressocialização, internamento, codependentes, descontrole, combate as drogas/álcool, irresponsabilidade, etiquetamento e ausência de técnicas.
Por outro lado, na abstinência existirá, respectivamente, overruling, retomada da quádrupla capacidade, neossocialização, desenvolvimento consciencial, coabstêmios, controle abstêmio, proselitismo abstêmio, passo Zero, indulgência abstêmia e aplicação correta de técnicas.


Qual é a principal característica da abstemiologia?


A assistencialidade. A abstemiologia busca a ajuda mútua, a evolução consciencial abstêmia e a prestação de auxílio àqueles que quiserem e conseguirem iniciar a jornada abstêmia. É possível romper com o processo de adicção e, consequentemente, encontrar e permanecer abstêmio por longos períodos e, quiçá, por toda a vida. 

Para saber mais acesse nosso site: https://abstemiologia.com

Bons estudos!
(Escritor: Péricles Ziemmermann)

Abstemiologia: curso de formação

Author: Abstemiologia
$132.00

Order details

  • Abstemiologia: curso de formação

    $132.00

Total of $0.00
Privacy Your information is 100% secure
Safe purchase Secure and authenticated environment
Approved content 100% reviewed and approved